Pages

Ads 468x60px

31 de maio de 2010

O que ele quer...


Quero um amor que tenha o sabor dessas musicas que a gente ouve em alguma madrugada na rádio; que devore toda minha razão em segundos; que traga cheiro de terra molhada; que seja diferente de qualquer coisa!

Quero um amor que me tire o chão; que algum dia seja lembrado por alguém como um caso bonito para se contar; que não esteja pronto e formatado; que tenha uma pitada de incerteza; que seja como o céu bonito e infinito.

Que tenha a delicadeza e a beleza da asa de uma borboleta e que seja imponente como um girassol; que complete o meu dia mais chato; que tenha o calor da brasa mas que não me queime.

Quero um amor completamente desnecessário; que venha no meu pior dia! Que chegue na fila do banco; que me roube dos meus amigos; que me faça ver sentido nas coisas mais idiotas do mundo.

Mas se você chegar fazendo totalmente o oposto disso tudo, melhor ainda! Que não seja assim! Que venha com a febre de algum momento e com mais duvidas que respostas, ainda vai ser bom!

Quero detestar o seu corte de cabelo! Quero criticar suas musicas e falar mal dos seus filmes preferidos! Nem precisa que dê certo! Mas que tenha um desfecho fantástico com alguma reviravolta que nos faça ficar perdidos.

Que não tenha nada em comum com amor, que seja um paradoxo entre a gente, que nos dê prazer na mesma proporção que incógnitas; que seja barato e rico ao mesmo tempo.

Quero um amor que me faça rir das musicas românticas, e tirar sarro de casais na rua; que dê choque! Que me faça querer ficar em casa na Sexta só para não ver você; Que no dia do nosso aniversário não seja lembrado por nenhum dos dois.

Que quando acabar...e vai acabar! Você saia com suas amigas e tenha a melhor noite da sua vida e que eu vá jogar bola e beber cerveja, assim, como se nem soubesse da existência um do outro.

12 comentários:

Luisa Corte Real disse...

Amei!Lindas palavras!

Parabens pelo blog!

Beijos no coração

Lara Kauark disse...

Gosto muito das suas palavras.... a cada dia uma agradável surpresa!!!

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Adorei!

Lu disse...

Mais um dos seus textos envolventes...rs
Ja tem "O que ela quer", já tem "O que ele quer" será que um dia sai "O que eles querem"?
Eu acharia interessante...rs
Bjok!

Raiana Reis disse...

Eis aí a incrível sensação de te ler, o viés da paixão masculina, da paixão nos pequenos detalhes, nos contrários, e aos desfechos das paixões a la Vinícius, eternas por um momento.

Alexandre disse...

Robson, que texto lindo!!! Fiquei muito impressionado com a profundidade de suas palavras. Acho que no fundo no fundo, todos nós queremos um amor assim...
Nunca pensei que você fosse...gay.

Abraços, cara!

Nathyffa disse...

Ah, o amor... nem sei mais o que esperar dele... já prefiro não esperá-lo mais...

Sax disse...

Pô, mó sucesso com o público feminino, bicho! Parabênis

Grafite disse...

Obrigada pela visita,
também sigo aqui...

beiijo
*.*

Erica Vittorazzi disse...

Robson, eu quero um amor de qualquer jeito, nem precisa ser de verdade...


beijos

Luiza disse...

Acho que sempre desejei um amor assim também. Contraditório e devastador. Amei!

Bia Monteiro disse...

Posso te falar uma coisa com mta sinceridade?!
Tu tá em extinção, sabia?!
Nossaa... cada texto mais perfeito do q o outro...
Adoreiii... tô ficando!
Bjoss e obrigada pelo carinho
=)