Pages

Ads 468x60px

5 de maio de 2010

Errei você por segundos


Eu queria que tudo fosse programado! Como em um filme ou programa de auditório, onde tudo fosse marcado, com hora para chorar e sorrir, onde nossa maior preocupação seria seguir a marcação da vida e nos manter no papel, sabendo de ante mão tudo o que estaria por vir e como agir.

Mas nada é dessa forma! Ficamos a deriva na vida, perdidos sem saber em que praia iremos aportar. No amor me sinto assim! Perdido no meio de um monte de burradas que faço e fazem comigo, sempre tentando ser correto mas de alguma forma completamente errado.

Erro em tudo! Erro na poesia, na vontade, no desejo, no beijo, no toque, na música que quero para ser nossa trilha sonora, na hora que devo dizer eu te amo! Uma sucessão de erros que não se justificam a não ser que eu tenha alguma inaptidão natural para achar a pessoa certa.

Se eu acreditasse em destino eu poderia jogar toda a culpa nele, mas não acredito! Não sei como é possível existir uma força que controla tudo e que tenha o poder de mudar a vida das pessoas e não sei como alguém acredita nisso. Mas acho que se ele existisse seria no amor.

Explico: quando você pega um dicionário e procura a palavra “destino” o que você encontra?? Isso aqui :

“s.m. A fatalidade a que estariam sujeitas todas as pessoas e todas as coisas do mundo; fado; fortuna: ninguém é senhor do seu destino. / Emprego, aplicação. / Direção, rumo: andar sem destino. / Fim, termo, sumiço. / Existência, vida: azares do destino.”

Agora, eu te pergunto: Não parece amor????? Se eu trocasse as palavras e usasse essa definição para pessoa apaixonada estaria longe da verdade? Então o minha teoria está correta! O destino e amor são duas faces da mesma moeda e o resto é balela!

Ninguém é o senhor do seu destino quando se ama! Até mesmo um telefone que não toca tem o poder de acabar com você! Qualquer coisa fica nas dimensões exatas para te esmagar! e mesmo lutando não tem vitória! O amor assim como o destino você não controla e muito menos sabe o que vai acontecer na próxima esquina! Agora me diga: não é o amor o mesmo que destino? Nada mais parecido na minha opinião.

Essa é minha única teoria sobre o amor! Em algum lugar alguém definiu as desventuras do amor com outro nome que chamou destino. Se isso for verdade o “destino” ( leia-se: amor) parece que gosta de brincar comigo! Pregando peças que estão além da minha capacidade de assimilar seus truques.

Cansei de correr atrás do meu “destino” e agora vou deixar que ele se vire, cansei de achar graça nessa busca! Minha poesia ficou anestesiada em algum momento desse caminho, vou ser estóico em relação a tudo que tenha haver com “destino” musiquinha linda, poesia, beijo de cinema, andar de mãos dadas, jantar a luz de velas vou achar tudo isso um saco!

Vou errar sempre! Só que agora de propósito! Vou virar a esquina um segundo antes do amor da minha vida, vou amarrar meus sapatos na hora em que ela passar, vou sair antes dela chegar, vou sabotar qualquer coisa que esse “destino” venha a fazer e mesmo que ele jogue um piano na minha cabeça para eu nota-la , vou fechar os olhos!

Quem sabe se assim jogando com as mesmas regras do “destino” as coisas não mudam? Quem sabe que aplicando nele seu próprio remédio ele não sinta os efeitos que vem me causando? Assim vou viver! Pagando na mesma moeda dando o troco ao destino.

Destino, agora é pessoal!!!!!!!!!!

8 comentários:

Admin Futebobeiras disse...

destino é uma coisa complicada
mt bom texto
parabéns

bjs da paulinha ;*
http://futebobeiras.wordpress.com/

Tayná disse...

Adorei seu texto...gostei muito dessa parte
"Erro em tudo! Erro na poesia, na vontade, no desejo, no beijo, no toque, na música que quero para ser nossa trilha sonora, na hora que devo dizer eu te amo! Uma sucessão de erros que não se justificam a não ser que eu tenha alguma inaptidão natural para achar a pessoa certa."
Parabéns!!!

Raiana Reis disse...

E contrariando "o destino" ele topa o velho conselho do "quando a gente menos procura é que encontra!" rs, muito bom, adorando seus brilhantes textos.

www.raianareis.blogspot.com

Moconho disse...

seu desabafo de errar em tudo foi legal mesmo, e a comparar destino com amor foi inteligente, mas acho q há outras teorias.

mas q ás vezes conspira para dar tudo errado..

Rodrigo Ferreira disse...

Gostei muito do seu blog e do seu texto.

Gostei da sua sinceridade no comentario

abraço

volte sempre

vou voltar sempre akie :D

Sâmela disse...

gosteei.

é nda na visa é do jeito q a gente quer
e o destino ou amor as vezes nos pregam muitas peças.

Francorebel disse...

Prefiro o acaso do que o destino... muito bem escrito o seu texto, apesar do tema ser difícil... valeu!

Rima disse...

Adoreeei esse texto!

Destino, amor...é melhor apenas viver.


Bejaum
:*