Pages

Ads 468x60px

2 de outubro de 2010

Três



Pense nisso : Há pouco tempo atrás apareceu em minha rua alguns pombos, um deles se destacava dos outros por ser totalmente branco, sempre que passava por ele havia um outro pombo ( esse de cor cinza ) que andava atrás dele...um dia cheguei e notei o pombo cinza aflito, ele levantava voo, e descia logo em seguida e parecia querer chamar a atenção, quando me aproximei vi seu companheiro, o pombo branco, morto atropelado, fiquei chateado, e subi para casa, algumas horas depois de minha varanda pude ver o pombo cinza que ainda fazia a mesma coisa, voava e voltava ao chão...


Quando acordei no outro dia achei o pombo cinza morto ao lado do branco, aquilo me deixou curioso e comentei com meu vizinho que disse: “ ah ! Eu vi! Esse pombo cinza morreu de exaustão ! O branco era seu companheiro” aquilo não foi a resposta que esperava, e deixou meu dia triste! Ao chegar em casa resolvo fazer uma pesquisa na internet e descubro que os pombos são aves que tem apenas um companheiro por toda vida, e logo toda aquela cena fez sentido na minha cabeça, o que vi, foi o desespero a dor da perda, e me peguei pensando que muitas vezes perdemos alguém, seja de qualquer forma e não temos a atitude digna de um pombo! ( parece engraçado, mas é verdade!).


Cantamos e fazemos poemas lindos sobre o amor, mas não são reais! Nenhum amor desses cantados em musica foram feitos para durar por uma vida! Fingimos que buscamos isso mas no fundo a grande maioria está sempre disposta a uma nova aventura, a espreita por novos olhares e novos odores, e lembrei que algumas vezes em minha vida fui traído, pegaram o que eu tinha de melhor e jogaram fora, por uma coisa de momento e tenho certeza que isso já aconteceu contigo também!


Quando você trai, você pensa que está traindo o sexo, mas meu amigo, isso não é verdade! Você está traindo as ideias, os sonhos, as confidências, aquele momento bonito que teve com ela e que nunca mais vai voltar...você está trocando muito por pouco, está esquecendo quem o outro é por alguém que nem sempre vai valer a pena!


Então, fica aqui a dica: quando se apaixonar se apaixone por completo! Ame cada detalhe, cada curva do corpo dela , decore seu sorriso para quando você fechar os olhos poder enxergá-lo, sinta o cheiro dos cabelos dela na sua pele, lembre da voz dela antes de dormir...é assim que não se trai ! Não seja idiota! Não perca aquela que está a seu lado por bobagem!


Lembre-se que ser honesto não é mérito é obrigação! Algumas pessoas esquecem isso e falam que são fieis como se fosse uma qualidade delas ! Não seja assim! Não diga que é! Apenas seja! Não gosto quando as mulheres dizem que todo homem é canalha! Mas no fundo, fazemos nossa parte para que elas digam isso! Tenha em mente que essa pessoa que está com você nesse momento te escolheu e quer estar ao seu lado, não bote fora essa oportunidade de ser feliz.


É claro que ninguém é obrigado a ficar pra sempre com ninguém, e sempre existe a possibilidade de que em algum momento dessa estrada as coisas saírem do plano e tudo mudar, mas quando isso acontecer, fale com ela, seja explicito! Tenha coragem! Você é homem? Então, tenha a atitude de um! Porque homem de verdade sabe o que quer! E não fica de “lenga lenga” com ninguém!


Não tem nada que mulher mais odeie do que homem “bonzinho” então nunca seja um, mas isso, não quer dizer falta de caráter! Isso você tem que ter de sobra! Quando chegar a hora de dizer adeus, diga! mas faça com respeito , não apenas a ela exclusivamente, mas respeito a você e a história que tiveram juntos, então seja limpo!


Só se ama uma pessoa de cada vez! E por isso três sempre é demais! Nunca seja a terceira parte! Homem de verdade só sabe contar até dois quando o assunto é relacionamento! E isso não é fraqueza! É inteligência! É saber aproveitar e bem o que se tem!


Mas e os pombos? Dois dias antes dessa história começar, minha irmã havia comprado uma câmera e para testar filmou da varanda os pombos...e lá estavam os dois, o branco no chão seguido pelo cinza...e sempre que todos voavam o cinza levantava voo primeiro deixando o branco pra trás...então o cinza voltava como se dissesse “vem” e só assim ele ia...para o infinito.


14 comentários:

Lily disse...

Ótima crônica, Robson!

Falou tudo e falou (escreveu) bonito!

O que está faltando nos relacionamentos é caráter, dignidade e respeito (esse, até para consigo mesmo).

As pessoas estão querendo trocar de amores na mesma velocidade em que hoje em dia se recebe informações. Parece um mal do século. Todos correndo para ter mais, saber mais, conquistar mais. É preciso saber entrar numa relação, saber permanecer nela e ter hombridade na saída.

No meu post, escrevi que sei jogar. Sim, eu sei, mas não quero. Ando dispensando as estratégias, a brincadeira do esconde-esconde.

Obrigada por permitir que eu compartilhe aquele teu texto com os amigos. Será a minha próxima publicação em O MEDO DE SUZANA. Tudo que publico nesse Blog é real, minha vida, minhas crenças. No outro Blog, CONTOS DE LILY, publico ficção.

Um abraço!

P.S.: Há muito homem e mulher também precisando ler esse teu post de hoje.

Júh Albuquerque disse...

Oi, Robson!

Passei pra agradecer a sua visita e o comentário e me deparei com um texto muito bem escrito. Gostei do blog..diferente do que costumo visitar. Vou voltar mais vezes!
Posso? rsrs..

Abraço!

Mila disse...

Nossa! Essa do pombo eu não sabia. É de deixar triste mesmo, mas já notei uma coisa: nós humanos não temos atitudes dignas como dos animais. Recebi dia desses um email fantástico sobre isso.

Aleatoriamente disse...

Oi Robson,
agradeço a tua visita. Gostei muito do que li aqui.

Beijo.
Fernanda.

Lu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lu disse...

Robson,

Me emocionou como você tirou de um acontecimento cotidiano, que para a maioria das pessoas poderia ter passado despercebido, uma linda história, que nos serve de exemplo, de alerta.
Sou daquelas que acreditam muito no amor, na vida a dois, e sei que é possível e deliciosa, porque já experimentei. Mas penso que estamos todos muito preocupados em colecionar admiradores. Mais do que em cultivar, em preservar amores.
Uma pena! Porque, quando se consegue vivê-lo, o amor nos dá paz!
Beijo!

Thunai Melo disse...

Disse tudo meu camarada. Suas palavras são honestas e encantam a todos. Parabéns.

Uni ver sos disse...

Venho do blog da Lily para conhecer seu blog e me deparo com uma crônica maravilhosa, tanto quanto a que li lá,
sua retórica é impecável,

parabéns por essa especial inspiração!

Abraços poéticos,

Uni ver sos disse...

Acabei de ler e deixar um comentário gigante na postagem que vc me indicou do "Gato",

adoreiiiii!!!

Bjs,

suellen nara disse...

Nossa, como vc é sensível, admiro isso nas pessoas.

Acho que a gente passa a vida inteira buscando alguém que nos acompanhe. E não é fácil.

Bia Monteiro disse...

Andei sumidinha daki, neh
Essa correria do dia-a-dia
que num me deixa quieta, rs.
Bem...Um ótimo texto, hein...
Sempre mto bom voltar aki...
Bjo grande
=)

Karlinha Ferreira disse...

Adorei seu blog!

Tow seguindo... beijão...
Excelentes textos!

Encantadora de Abelhas disse...

Ai, que forma de pensar mais bacana!
Que momento esse dos pombos... Triste e lindo ao mesmo tempo.
Adorei a forma como escreve.
Bom fim de semana,
Grande abraço!

Marcelo Ez disse...

Nossa meu primo, gostei muito do texto "Três", muito mesmo.
Creio ser o dom da escrita algo próprio da familia Ezequiel. Muito bom saber que compartilhamos mais essa faceta.
Parabéns pelo texto.